Uberpr0

Can love bloom on the battlefield, Snake?

About

Username
Uberpr0
Joined
Visits
195
Last Active
Roles
Member
Points
148
Challonge
uberpr0
Badges
0
  • Random FGC stuff

  • Random FGC stuff

    Hey guys, com o inicio de um ano novo e as perspectivas futuras, decidi utilizar um dos meus cartuchos de 10 posts úteis ao ano para escrever isto.


    Dado ao influxo de pessoas novas no forum e aos vários jogos de fighters, decidi escrever um post subjectivo com o target audience estes mesmos noobs, mas também os mais veteranos na arte de scrubisse sao convidados a ler e a relembrar alguns conceitos (alguns não estao explicados, mas em caso de duvida o nosso amigo google sabe tudo). O que vou falar portanto é:

    A Importância de Treinar.


    Já devem ter ouvido isto de varias pessoas e em vários locais de artigos traduzidos etc etc. Mas afinal porque é que é importante treinar? O primeiro e mais comum que provavelmente vais ouvir da boca de toda a gente é:

    Treinar Combos.


    Regra geral, combinações ou combos (do anglosaxismo) são a tua arma principal num jogo de luta pois são a tua principal fonte de dano desprezando outros recursos disponíveis ou não. Já te disseram que é importante treina-los para os nunca droppares correto? Mas porque é que é importante não os dropar?
    Uma das razões, á medida que vais progredindo na tua ladder de habilidade e encontrando oponentes cada vez mais fortes, iras reparar que as tuas oportunidades de realizar um combo starter diminui devido ao facto de os oponentes regra geral, defenderem melhor. O que quer dizer que a tua oportunidade de infligir dano no adversário vai ser cada vez menor, pelo que é importante garantires que quando a abertura para meteres um combo aparece, tenhas a capacidade de o reconhecer (supondo que um dos teus combo tem um starter em low, e tu vês que o teu adversário está muitas vezes a fazer high block) e de o executar sem falhares qualquer elemento de ligação. Não queiras perder um jogo por ter feito um combo que deixou o teu oponente num pixel de vida só porque não estavas confiante a fazer um combo mais complexo que te daria a vitoria logo naquele momento.
    A outra razão é que a maior parte dos combo enders (dependendo do jogo claro), acabam em knockdown e situação de okizeme (palavra retirada dos niponenses para refletir a situação de pressão sobre um oponente que se esta a levantar do chão).


    Treinar Okizeme / setups / crossups / safejumps



    Okizeme é um dos elementos fulcrais em jogos de luta, especialmente naqueles que são momentum based. Realizar pressão sobre o teu oponente é regra geral vantajoso e uma maneira de estares mais próximo da vitoria. Porquê? Porque é mais fácil atacar do que defender em jogos de luta. Atacar significa teres a iniciativa sobre o oponente e obrigares ele a adivinhar qual a ferramenta ofensiva que vais utilizar a seguir nele. O teu adversário vai ter de responder conforme o que tu atirares para cima da mesa. Defender requer mais concentração da tua parte e isto significa que a deterioração da concentração vai ocorrer mais rapidamente num jogador que passa mais tempo a defender do que a atacar. Isto é notório em jogos com sets de 5 ou mais jogos e especialmente em torneio, onde vais passar varias horas do dia sobre situações de stress e momentos de espera que afectam a tua concentração. Okizeme possibilita a utilização de setups, como exemplo realizar um ataque meaty, o qual te deixa em situação favoravel quer o adversário bloqueie ou não pois podes ir para combo (até possivelmente em counter hit para dano extra), ou ir para um throw/ command grab por estares em frames de vantagem do teu meaty. Quantas mais vezes obrigares o teu adversário a adivinhar, maior a probabilidade de ele errar ao longo do tempo (factua a deterioração da concentração aqui). Num nível mais alto, teríamos de falar de eficiência de pressão ofensiva, porque só carregar em botões na cara do adversário não quer dizer que estejas a aplicar a pressão bem. Um adversário treinado em defesa consegue detectar os intervalos na tua pressão para escapar ou mesmo conseguir um counterhit para dano massivo em ti.

    Existem também safe-jumps e crossups, que é a situação aérea do mencionando previamente, mas com o factor de ser immune a reversals (no caso de crossups nem todos impedem o uso de autocorrect reversals ou outros com hitbox de ambos os lados como alguns supers). Garantir que a tua pressão nestas situações possa ser continuamente exercida sem interrupção é fulcral no caso que estares a lidar com oponentes com tendência a usar reversals. O impacto psicológico de comeres com um reversal é grande em termos de frustração e uma agravante para a quebra da tua concentração. Todos nós ja tivemos na situação de bloquear correctamente durante um período de tempo, esperando que seja o nosso turno para atacar e quando tal acontece, levar com um reversal na nossa face para nos roubarem a nossa vez de pressionar nos deixa a bradar filho deste e filho daquele. Incrivelmente frustrante.

    Crossups ambíguos são a ferramenta predilecta dos jogadores experientes, porque são mais difíceis de detectar qual o lado correto de bloqueio e assim abrir a possibilidade de atingir o oponente. Apartir daqui tens ainda a possbilidade de juntar empty jumps para low e já tens uma mistela de ferramentas ofensivas para utilizar. Os crossups claro podem ser utilizados fora de um knockdown e apartir de uma simples pressure string, mas podes em resposta levar com um autocorrect reversal, air to air , ou dash under que te deixam numa situação desvantajosa.

    Treinar Pokes / Footsies

    Provavelmente te dirão que os footsies treinam-se a jogar contra vários adversários com vários estilos de jogo, e em parte isso é verdade pois há um conjunto de variáveis envolvidas no jogo de footsies. É muito importante aprenderes a julgar a distância entre ti e o teu oponente de modo a que a situação seja favorável para ti. Num mundo ideal, vais querer jogar footsies e atirar pokes para o teu adversário até o conseguires encostar ao canto, situação na qual as opções dele são automaticamente limitadas por não ter espaço de manobra. No entanto, isto não significa que tenhas o round ganho só por o teres encurralado no canto. É importante também treinar pressão num adversário encurralado no canto de modo a seres eficiente em frustrar e a abrir a defesa dele. Se potencialmente deixares um adversário saltar por cima de ti quando o tens no canto, os papeis invertem-se e passas a ter tu as costas no canto, e contra certas personagens (KekMikakek) isso pode traduzir-se numa morte rápida.
    Apesar disso, é perfeitamente possível treinar footsies em training mode. Basta utilizares a opção de gravação do dummy e meteres 3 ou 4 acções diferentes a ocorrerem num intervalo de tempo. Um exemplo, meteres o ryu a andar para a frente e para tras e gravares varias ramificações: um em que ele atira um c.mk para fora, outro em que ele atira um f.hk, outro em que ele atira uma fireball, outro em que ele atira uma fireball, outra em que ele faça um neutral jump e outro em que ele faça dash throw. Reagires a estas situações (apesar de serem gravadas e poderes estar um pouco à espera do que vai acontecer) obrigando-te a andar de vez em quando para a frente e bloquear, de vez em quando para frente e para trás e realizares um whiff punish, ou andando para a frente e atirar um poke mais rápido e que atinja primeiro que o do ryu. Isto ajuda-te a melhorar as tuas reacções e a melhorar o teu footsie game num nível mais básico.
    Footsies não são fáceis de dominar e requerem muito tempo e paciência (este é o principal adjectivo associado a footsies ). Há quem diga que demora vários anos a conseguires ser proficiente a jogar footsies num jogo de luta.

    Treinar Matchups

    Matchups serão 70% (número retirado de um valor á sorte de random.org) do conhecimento que precisas de ter para ser vitorioso num jogo de luta. Os detalhes específicos de um combate de personagem X contra personagem Y são grande parte daquilo que os fighters envolvem. Desde combos especificos, a ranges de footsies efetivos, até a mudanças de okizeme conforme as ferramentas defensivas que Y tem e Z não. Não queiras ser aquela pessoa que perdeu um jogo por fazer um combo que whiffa a meio de uma personagem com hitbox pequena só para levar com super nos cornos. That sucks.
    Se tu jogares de uma maneira contra um zoner, e fores jogar da mesma maneira contra um grappler, a probabilidade de tu perderes o jogo é exponencialmente maior. Não querias ir de cara contra um 360 command grab ou contra um clap e veres a tua vida a andar para tras.
    Personagens que têm bons pokes, geralmente queres ir avançando devagar contra eles, bloqueando de vez em quando e quando vires aquela oportunidade, saltar ou dashar para cima deles para aplicar pressão. Normalmente bons pokers tem menos ferramentas defensivas à queima-roupa e menos vida para aguentar um erro defensivo. Caso contrario dos grapplers que tem vida abundante e em close range têm um bom arsenal de ferramentas para inflingir dano (well atleast some do). Um grappler aproximar-se de ti sem tu o obrigares a pagar health bar a troco dessa distância, significa que estás a fazer algo de errado (ou ele a fazer algo muito bem).
    Outra vertente é treinar player matchups. O que é isto? Conhecer as manhas do teu adversário, se ele é bom a techar throws, se ele salta muito, se ele tem tendências a fazer reversals e mais importante, como ele reage a situações de alta pressão. O termo cracking é muito conhecido por aqui e lá fora. Aparentemente existe um vírus que circula em Portugal e infecta a velocidades altíssimas chamado Lisbola, que tem como sintomas: drop excessivo de combos, -80% de capacidade cerebral em decision making. Isto leva-nos ao proximo tópico:

    Treinar offline

    E porque é que treinar offline é tão importante? Simples, offline =/ online.
    Jogar com ping 0 é diferente de jogar com ping 50/100. O tempo de resposta da interface jogador-jogo é muito diferente de um para o outro. É muito frequente uma pessoa conseguir fazer combos em casa na sua consola e depois noutra consola, noutro monitor não. É necessario treinar adaptação à consola, e já que refiro esta palavra, adaptação ao offline.
    Quando estas sentado lado a lado, como na maior parte das vezes vais estar, podes ou não estar num ambiente hostil do norte e ter pessoas a gritar atrás de ti com os mais variados nomes e alguns "fuck jogador japonês conhecido que poracaso é embaixador da twitch". Isto pode tirar-te da tua concentração máxima e é importante teres experiência neste campo. Outra situação, é que estando ao lado do teu oponente, conheces "sentir" o que ele esta a fazer, nomeadamente, se ele ta a mashar reversal que num um porco e consequentemente bloquear. Ler o teu adversário é tão importante aqui como no poker. Jogares com o estado mental dele pode levar-te a ganhar o jogo sem sequer ter começado a ronda.
    Isto porque o factor pressão é significativamente maior logo, maior a facilidade de cometeres uma decisão estúpida ou arriscada que te custe o jogo (ou ganhe, mas acredita que maior parte das vezes vai ser o anterior).
    O treino é importante aqui porque em situações de alta pressão, tens tendência a ir para o "default", para a situação que estas mais confortável ou com mais treino. Exemplo: conseguiste um hit para um combo de counterhit o qual podes realizar uma combinação que utilize os teus recursos todos e mate o teu adversário, no entanto, como estas com a respiração ofegante, a suar que nem um suíno e a pensar "tenho de ganhar isto", decidiste fazer hit > super. O teu oponente sobrevive e faz-te comeback e o kashkabald está atrás de ti a dizer "not like this". O treino aqui é tu conseguires pensar em "Tenho de acertar o combo XYZ para ganhar esta ronda neste momento" e não "tenho de ganhar". Treinar o teu pensamento é um exercício importante em combate. Pessoas com sangue frio conseguem tomar muitas mais decisões corretas do que o twinblade.

    Analogia - Nos teus tempos de counter strike, tu ate jogavas online com os teus amigos, fazias uns mixes ou umas pcw's aqui e acolá, mas depois chegavas á lan e levavas na boca de pessoas que nem um tiro de awp conseguiam acertar online. Em Dota/LoL same shit, online és o campeão dos diamantes e os masters, vais ao offline, começas a falhar creeps, skillshots e esqueces-te de wardar. Offline =/ online.

    De momento não me ocorrem mais tópicos de treino, por isso deixo isto em aberto para as sugestões e para quem queira melhorar este post. Se a leitura não vos agradar, metam pm para obake com o assunto "Banir o uber do lockdown2017"

    Obrigado pela vossa atenção;

    - Filipe "uberpr0" Aguiar

    Queria só pedir a troco disto, mais umas munições para poder dizer @portugal no discord.
    e:




  • SFV: As vossas escolhas de personagens para a season 2

    Sagat
  • Street Fighter V: Discussão geral

    halp

    got it o dinput ddl tava em conflito
  • Street Fighter V: Discussão geral

    ele tava a falar de tudo o resto menos o gameplay guys please hes right