SevenNights

About

Username
SevenNights
Joined
Visits
375
Last Active
Roles
Member
Points
474
Badges
0
Steam
SevenNights
PSN
SevenNights7
Fightcade
SevenNights
  • Lockdown 2016, Histórias e reports

    Report tardio, mas foi uma semana difícil. A ver se apanho o jeito de fazer isto:

    Está toda a gente a dizer que este foi o melhor Lockdown de sempre, mas para quem nunca foi a um Lockdown, isto foi uma experiência simplesmente indescritível. Foi de longe dos melhores eventos onde fui, melhor que muitos em termos de organização, venue e conteúdo. É com muito orgulho que posso finalmente dizer que, após 2 anos e tal de lurking, combates e bate-papo online, já conheço grande parte da comunidade PTF. Assim que pus os pés no pavilhão, estive na boa umas duas horas só a falar com pessoal que ia chegando, e a apresentar-me a quem nunca tinha conhecido em pessoa ainda. Foi um prazer ver toda a gente que fui conhecendo ao longo do ano através das @TGTs, e logo aí começou a crescer o hype com um meme ou dois pelo caminho HE HE. Vocês são uns brós do caraças, sabem quem são :+1:

    Apertei a mão ao pessoal do norte, e apertei a mão ao pessoal (à pessoa?) do sul. Conheci o @razak , o @danteMdie , o @Arakuine , o @Skryba , o @Zari0t , o @Zuks , o @Uberpr0, o @Suzurioshi , o @AEther e o @Ronaaz , sem saber que era ele - só no domingo à noite no discord é que descobri que o "rapaz louro de óculos que está a orientar a Akuma Cup" eras tu, e nem me apresentei, desculpa! Conheci os deuses portugueses do KOF @KeeChak , @Orochi , @Lordigan - foi um prazer e espero um dia podermos jogar kof 14 a sério e à grande! Finalmente conheci o @prk' - é um tipo tão divertido IRL como é online - e ainda roubei um bacalhau ao Ryan Hart num scramble de awkward fanboyism ("Ryan Hart? Hi! Big fan!!"[ele partiu-se a rir]). Falhei o @Emperordad , o @Dethornz e o @Macedo , porque não faço ideia qual é o vosso aspecto, perdão! Faltou conhecer o @McBeans , o @kupo , o @Roz , entre outros. Quando é que vos posso adicionar à minha caderneta PTF? Perdão também a toda a gente que não mencionei, sabem como é, não é de propósito. Muito obrigado também ao @Yan por ter vindo e ter sido o meu Lockdown buddy pelo fds fora. Aparece mais por aqui, caralho.

    O primeiro dia começou em grande: Assim que chego, vejo o @Brave sozinho num setup de GG, e decidi treinar com ele. Ligo o stick, e noto que ele desligava-se de 2 em 2 segundos. Abri-o, e não vi nada obviamente errado ou desconectado, portanto o problema ou era da pcb ou, o mais provável, sérios maus contactos através do cabo, provavelmente por causa de um péssimo transporte. Era completamente impossível jogar, o Potemkin entrava em neutral segundo a segundo, e eventualmente desisti. RIP mayflash arcade stick, escolheste o maior palco deles todos para morrer. Passei o resto do Lockdown a cravar o stick ao @Tespian , que foi a grande salvação. És um bro do caraças meu, Sta. Iria represent!

    Sobre a minha prestação no torneio (cortesia de um amigo americano chamado AngryTiki)



    Ya. 0 treino. Isto é possívelmente o ponto baixo da minha "carreira" de fighting-game-lover, e não tenho desculpa nenhuma. Tudo o que havia para fazer mal, eu fiz. Péssimas decisões, e ainda pior execução. Sinto que já adquiri aquele estatuto de "gajo que toda a gente considera free win e não percebe nada disto" e a culpa é toda minha. Preciso mesmo de voltar aos básicos e acima de tudo voltar a treinar diáriamente - dou graças ao Discord por isso, lá não falta malta para treinar GG e SF5. Sinto que em ambos os jogos nenhum dos meus oponentes estavam foram do meu alcance. Não estava lá aquele gap enorme de desespero que sinto quando luto contra alguém com o calibre do prk', por exemplo. Em SF5, lutei contra o @Nebur e o @Suzurioshi , e sinto que se tivesse jogado decentemente e de forma sólida, tinha conseguido ganhar aos dois, mas só fiz porcaria da grossa. Em Xrd, lutei contra o @Gearuz e o @Mega , dois jogadores bem mais fortes que eu, mas novamente, perfeitamente dentro do meu alcance se tivesse bem treinado e confiante. Até fiquei contente de os encontrar na bracket, porque eu não conheço nenhum matchup para além das personagens que os discord peeps do PC Xrd -SIGN- usam. Era um longshot, mas nunca, à partida, impossível. Bah.

    Para além de SF5 e Xrd, ainda me inscrevi em todos os side events excepto MK e SM4SH com o intuito de conhecer os jogos que nunca joguei e me divertir à grande - algo que agora me apercebi que secalhar não devia de fazer, porque faz com que eu atrase todos os torneios ao mesmo tempo...Whoops~ Ao menos diverti-me imenso, isso garanto!
    *Finalmente experimentei KOF 14, e proporcionei ao @Orochi e ao @Tespian uns excelentes matches de training dummy. Gostei imenso de ver o novo Clark nas mãos do Orochi, achei que a personagem tem imenso potencial, e acima de tudo muito estilo. Agradecimentos especiais ao @digos pelo coaching que não serviu de nada em termos de resultados, mas triplicou a minha diversão durante os sets. O feel do jogo estava um pouco estranho, provavelmente por causa dos hops/run/normais diferentes e não me senti nada à vontade como nos kofs clássicos. Simplesmente não fluia, mas isso provavelmente vai mudar quando tiver o jogo e o jogar mais.
    *Joguei Smash Up, e gostei imenso, mas tenho alguma pena de ter jogado aquilo um pouco à pressa por causa dos outros torneios, e como foi a primeira vez que toquei naquilo, fiz muitas decisões sem sentido. Mesmo assim quase ganhava o primeiro jogo, gandas Steampunks! Muito obrigado ao @AEther e ao @Skryba por aturarem a minha noobice! *Nitroplus foi divertido como tudo, e tenciono definitivamente comprar o jogo na próxima ps3 sale. Peguei na Saber porque Type-Moon waifu, e ela era super forte e super braindead, portanto ainda me safei +\-. Fiquei em 9º acho, e mesmo assim, de alguma forma, fiquei com o melhor troféu Sonico, ainda não percebi como :+1:
    *Fiquei um pouco desiludido ter jogado ST na Akuma quando os únicos jogos que treinei para o Lockdown foram A2 e CVS2, mas não tão desiludido quando me apercebi que escolhi o Gief em ST :''') Ao lutar contra o Ken do @Arakuine surgiu-me, mid-match, o pensamento de "Porra, escolhi o Gief. Foda-se." Ficou-me a saber a muito pouco, mas compreendo a necessidade de o formato ser assim, 50 participantes para um side event é muita fruta mesmo. Agradecimentos especiais ao @Ronaaz por não se passar quando fiz um match extra vs o Arak em tempo de torneio~
    *Não fazia ideia do que estava a fazer em Marvel, mas ao menos acertei com um lvl3 do Haggar no @Skryba , e como disse repetidamente durante o torneio que nem um retard: "Só isso valeu a pena a inscrição HE HEEE!"

    Gostaria de mencionar também que houve KOF 98, KOF 98 UM, Akatsuki Blitzkampf e OMF 2097 no Lockdown - Mission Cumprete. Ainda joguei 98 UM contra o @prk' na consola do @pokemonblaze234 e senti-me realizado. Bodied, mas realizado.

    Acabei o primeiro dia a ver o torneio de KOF 14, e tenho a dizer que foi hype como tudo, é pena não ter sido gravado para poder rever / para as outras pessoas verem. O @Lordigan defendeu Portugal contra o Khivan e confrontou o @digos nas GFs. Gostei imenso do Geese e do Ryo do Digos, super sólidos e a fazerem muito trabalho, mas o que gostei mais foi do Ramon do Lordigan, ADOREI ver a personagem em acção! Tanto os combos como práticamente todas as animações e normais estavam iguais ao 02, e o dano era brutal. A Dita Dura não conseguiu vencer El Diablo Amarillo, e South Town foi anexada ao México, rip Nightamare Geese. Um excelente final de noite!

    O segundo dia foi um autêntico espetáculo (no meme intended). Eu nunca tinha visto um ambiente assim ao vivo, apenas em streams. Era exactamente a mesma coisa que via e ouvia num EVO ou num CEO, apenas no outro lado do monitor. Foi EXACTAMENTE como imaginei que um finals day seria, e senti-me extremamente contente por fazer parte dos crowd monsters - que, por sua vez, eram praticamente só PTF. Olhava para todos os lados e era só caras PTF, a mandarem memes, hype, cheers, palmas e gritos. Isto pode soar um pouco larilas, mas todo o momento foi mágico para mim. Não queria divagar muito, pois todos vimos a mesma coisa, mas queria salientar o que me marcou mais:

    *momento YO MAHVEL do dia:


    *Maldito voodoo comuna que o digos lançou;
    *prk' vs Clousephinat em GG, e as reacções deles durante e depois dos matches;
    *Os hype monsters da fila da frente;
    *A Grande Batalha de Coaches de '16;
    *Random smasher que começou a berrar merdas em inglês durante SF5;
    *"THE FIST OF JUSTICE"
    *O Ryan Hart a rejeitar a garrafa de água do Alvin;
    *As reacções ao só mais um;
    *A entrada do Digos, feat. Ozzy na Daigo fight;
    *Daigo vs Woolie Digos, e o scramble no último match;

    Foda-se. Que dia.

    Para mim o dia acabou no bar do hotel com o @Yan , a jantar e beber umas imperiais. O @danteMdie juntou-se a nós, pulverizado pela ressaca da noite anterior, e ainda vimos a mítica garrafa de porto que ia ser entregue ao Daigo. Nisto o destino decide brindar-me com mais um momento mágico, quando o Daigo e a tradutora entram no bar à procura da menina que lá servia (e era bem gira). Nós os 3 estavamos sentados nos bancos do bar e eu, ao ver a lenda viva ali ao meu lado, só disse "Umehara-san..." e tentei fazer um deep bow sentado, que foi uma espécie de enterrar a cabeça nos braços, que descansavam no bar. O Daigo partiu-se a rir da maneira mais kawaii e genuína possível. Dizer que fiquei encantado é um understatement. Depois, seguiu-se uma deliciosa conversa entre o Daigo, a tradutora e a menina do bar, onde tentavam ver o que havia para comer por ali. Ao ouvir que só serviam refeições ligeiras lá, o Daigo perguntou via tradutora se serviam cachorros quentes, ao que ela respondeu que não, só hamburgers, tostas e batatas fritas. Fica a dica para uma futura opção de catering, senhores. Decidiram esperar pelo jantar e sairam do bar. A cereja no topo do bolo foi falar do momento ao Dante e ao Yan, e o Dante confirmar pelas palavras dele que o Daigo era de facto uma pessoa humilde, genuína e extremamente porreira. "O Daigo é um SENHOR". Isto fez, literalmente, o meu dia. Não podia ter acabado melhor. Secalhar pode parecer um momento bem fraquinho e banal, mas eu adorei este pequeno slice of life que presenciei por mera chance.

    A única coisa que consigo dizer é: Obrigado. Estou extremamente grato por ter tido a oportunidade de fazer parte deste Lockdown. Muito obrigado ao @obake , ao @Roz , ao @Macedo , ao @Ronaaz , ao @V2 , ao @Garuda e a todas as pessoas que tornaram este evento possível. Quando é o próximo? É que estou lá batido.
  • Random cenas

    e aparece-me um tipo vermelho a minha frente (provavelmente the devil red guy)
    [spoiler]
    [/spoiler]
  • Ultra Street Fighter IV - Vídeos

    Fiz um combo video de USF4 Remix, a celebrar 2 das coisas mais hype de fighters: Dan e a theme do Yamazaki. Nunca tinha feito uma cena destas, portanto estou bastante surpreendido isto ter saido exactamente como imaginei! Pode ser que de futuro faça outro sobre um jogo mais...relevante B)

  • Random cenas

    O Señor Footsies deseja-vos um Feliz Natal!

  • PTF Top 5 v2016

    Verti uma única lágrima máscula ao ver Toonstruck por aqui - tenho dito, vocês são os maiores.

    Não tanto por ordem de gosto, mas mais por ordem cronológica:

    1 - Full Throttle- A década de 90 foi a era dourada dos jogos de aventura e foi também na minha opinião a era onde a LucasArts mais brilhou. Eles faziam os melhores e mais polidos point & clicks, com bandas sonoras orquestrais e actores de voz de renome. O Full Throttle foi o meu favorito de todas as pérolas que eles fizeram. Tinha tudo o que faz um bom jogo: personagens memoráveis, uma história credível, um ambiente envolvente, visuais espectaculares. Algo tão perfeito que hoje em dia ainda é metal as shit sem ser foleiro. Clássico, sublime. Já agora, esta era a música introdutória do jogo:
    [spoiler]

    [/spoiler]
    Não consigo deixar este cantinho dos point&clicks sem mencionar os outros grandes colossos da LucasArts: Day of the Tentacle, Sam&Max, Indiana Jones, The Dig e Secret of Monkey Island foram os que gostei mais, tão sumptuosos e polidos como seria de esperar. Shoutouts especiais também à Sierra. Se a LucasArts tinha production values, a Sierra tinha comédia com fartura. Eles tinham sagas enormes com bué sequelas, o que significa que tinham uma mão cheia de personagens que práticamente representavam a empresa inteira. King's Quest, Police Quest, Space Quest, Leisure Suit Larry... O que eu me ria com estes diálogos... E isto era sem perceber metade das piadas! Duplo shoutout a Space Quest. Se Full Throttle era o meu Point&Clicker favorito, Space Quest foi a minha saga favorita do mesmo género. Os últimos jogos da saga era narrados pelo melhor narrador que alguma vez já existiu, Gary Owens, que morreu no inicio deste ano. Descansa em paz Gary, que tu bem mereces. Obrigado pelas memórias


    2 - King of Fighters 98 - Quando era piqueno, o meu pai trouxe-me um cd com o NeoRageX instalado e uns quantos roms. Esse foi o primeiro contacto que o jovem SevenNights teve com jogos de arcada. Um desses roms era o kof98 (PS - foi assim também que conheci o Metal Slug). Foi o primeiro jogo de porrada que gostei a sério. Não o primeiro que joguei a sério, pois era uma criança, mas sem dúvida o meu primeiro favorito. A verdade é que, desde esses tempos, eu nunca o parei de o jogar, coisa que hoje em dia acho fenomenal. Tinha sempre vontade para jogar sozinho, ou amigos para jogar contra. Anos mais tarde apareceu o GGPO, e comecei a jogar contra outra pessoas também (leia-se: apanhar na boca como gente grande). Desde o momento em que escrevo isto, continuo a jogar o jogo e continua a ser dos meus grandes favoritos.

    3 - Metal Gear Solid - A saga Metal Gear sempre foi a minha favorita em videojogos, em grande parte por causa deste jogo para a PS1. O grau de detalhe e conteúdo que o MGS tinha deixava-me parvo. As personagens mais cool que alguma vez tinha visto, uma história tipo James Bond empolgante, um mundo enorme cheio de segredos para explorar, e ambiente e músicas super imersivos. Deve ter sido a pérola mais bem feita que alguma vez tive o prazer de jogar, até hoje não vi nada que o superasse. Uma obra prima.

    4 - Ace Combat 2 - Também um jogo muito cool, fortemente baseado no Top Gun. Era um simulador de caças não muito sério, isto é, o foco era mais no combate e em manobras aéreas, sem muita atenção a promenores mais técnicos de voo. Era o tipo de jogo que fazia o jogador sentir-se um ganda boss, e a mistura de céu aberto e velocidade davam uma sensação de liberdade enorme. Quase que conseguia sentir o vento na cara quando jogava isto! Tinha uma banda sonora espetacular, das minhas favoritas em videojogos, um dia destes ainda vou descobrir que foi o compositor.
    [spoiler]

    [/spoiler]

    5 - Final Fantasy 7 - E aqui está ele, o slot reservado para FF7! Não, não é o melhor jogo de sempre, mas foi dos que mais impacto teve em mim, o primeiro rpg que joguei e também o meu FF favorito. Lembro-me de estar em permanente excitação à medida que avançava pela história (secalhar por causa dos polígonos da Tifa), não me lembro de haver um único momento enfadonho. Para um jogo que demora dúzias de horas a acabar, achei o pacing bastante bom. História boa para um FF, e as personagens eram bastante cool e memoráveis também ( 2 factores que se vieram a perder em iterações futuras, IMO). O jogo tinha uma quase-infinidade de cenas para fazer e explorar! Sentia que podia jogar aquilo para sempre e estar sempre a encontrar coisas novas, o que me deixava super hype (tenho muitas saudades dessa sensação). Era tão massivo, que era fácil cair nas petas que se ouviam na net, revistas ou amigos. "Mata 100000 destes bixos, e encontras a white materia para ressuscitar a Aeris!". Toda a gente que jogou enventualmente ouviu algo assim. E o pessoal fazia isso à mesma, porque sabia que o jogo tinha uma infinidade de segredos. Até hoje em dia se encontram cenas novas, especialmente na comunidade de speedrunners (shoutouts a vocês, meus lindos). Digam o que quiserem do FF7, mas eu só digo isto: The legend will never die.
  • Random cenas

    CARAAAAAAAAAAAAAALHO!!!!!!
  • Lockdown 2016, 10 e 11 de Setembro


    Claro está, inscrevermo-nos em SF5 dá sempre direito à possibilidade de sermos violentados pelo Daigo himself e ganhar toda uma possibilidade de dizer que jogamos contra o Daigo em torneio :P

    O DERRADEIRO OS!

    "Podia ter ganho o Lockdown na boa, mas apanhei o Daigo nas pools..."
  • Random músicas

    O Perturbator lançou um novo EP o mês passado que me passou completamente ao lado, conhecias @Roz ?
  • Tekken 7

    O remake do tema do Geese na segunda fase da stage está BRUTAL! Also, quick MAX dá apenas meia barra de MAX mode tal como no kof14, muito fixe.

    E não esquecer NOCTIS HYYYPE!
  • Path of Exile

    MAIS 32 MAPAS?! WHAT THE FUCK!

    Meu: