danteMdie

About

Username
danteMdie
Joined
Visits
554
Last Active
Roles
Member
Points
698
Badges
0
PSN
danteMdie
Challonge
danteMdie
  • Lockdown 2017 - Resultados, histórias e reports

    Nope, não estou mesmo. Tenho andado de facto com muitas viagens ultimamente lol, mas tem sido trabalho/lazer.

    Quanto ao Lockdown em si... Tenho de ser eu a postar porque pelos vistos ainda está o pessoal todo de rastos.

    Como sabem, este foi o primeiro Lockdown em que não tive absolutamente nenhuma responsabilidade de organização ou apoio e portanto acabei por conseguir ter uma visão um pouco mais distanciada do que se passou.... Em parte no seu sentido literal porque consegui ir à piscina durante a tarde de Sábado. Thank god. Pena a insolação, mas isso são detalhes.

    Em primeiro lugar, deixar um agradecimento especial ao @obake por mais um torneio de sucesso. Muitos meses de preparação para que tudo corresse da melhor maneira mesmo tendo sendo algo mais nacional.

    Em segundo lugar, muitos parabéns ao @garuda e @v2 pelo excelente trabalho que fizeram tanto no aspecto gráfico como na gestão do stream. Os efeitos e aquelas entradas para o top8 foram espetaculares e deram uma trabalheira do car*lho. Obrigado pelo vosso esforço.

    Temos vindo a ser mal habituados pelo @obake a ter jogadores de fora, mas realmente já fazia falta um Lockdown mesmo português. Mesmo que o @digos tenha cortado todo o hype ao fazer a dobradinha lol.

    Por muito que não queiramos, basta vir um par de top players que os primeiros lugares ficam reservados. É complicado, mas é o que é. Jogadores de competição mundial têm outra vivência, outra experiência e ainda não temos ninguém capaz de ganhar nessas condições. O @Digos está num nível completamente à parte dos restantes no SF5, mas a realidade é a realidade.

    Mas por falar em @digos, tem de se falar na sua resiliência e força mental. Pela primeira vez num Lockdown teve quase toda a sala contra ele e manteve a postura. Especialmente meritosa a vitória no GG ao aguentar uma brutalidade de matches contra o @Ozzy.

    Continuando pelo GG, tenho de dar os parabéns precisamente ao @ozzy e ao @garuda. Ao Ozzy porque teve uma prestação impressionante e mostrou o quão sólido joga o jogo. Forte a atacar e a defender, não joga sem alterar o gameplan. Poucos foram os jump-ins que não ficaram por punir e ficaram na retina uma data de bait bursts. A meu ver só não venceu o Digos na batalha mental e tenho a convicção que se o torneio tivesse sido Best of Three e mantendo as grand finals a Best of Five, teria ganho ao Digos.

    Ao Garuda, tenho de respeitar porque é o jogador com melhor jogo ofensivo. Independentemente de conhecer ou não a personagem, fui blown-up de uma forma completamente legit. É daqueles matches em que me levanto da cadeira, não satisfeito por perder obviamente, mas sem qualquer tipo de sal.

    Shoutout também ao @Gearuz por ter sido o jogador em que mais acreditei que venceria o torneio e por ter estado lá perto de o conseguir. Ainda me lembro dos tempos iniciais em que jogava online e ganhava com facilidade. Continuo a achar que das pessoas com capacidade para destronar o Digos é o Gearuz.

    Pequena nota também para o @Brave. Salt aside, gostava de te ver com outra personagem que não o Leo. Enquanto jogares de Leo nunca vais ganhar 1 torneio de relevo em Portugal - é a minha crença. Consistência defensiva é zero e a "unganess" está sempre presente. "unganess" estar presente é normal, mas tornou-se um refúgio demasiado acolhedor e enganador porque te permite ganhar muitos jogos de uma forma não tão legit. Jogadores defensivamente consistentes vão sempre levar a melhor em condições normais. Não tens noção do meu ranger de dentes quando te via a levar com os overheads todos que o Gearuz fez no top 8. Obviamente, fazes o que queres e não leves isto como uma crítica, mas sim como uma perspectiva de quem está de fora.

    Quanto ao SF5, epa, não há muito a dizer a nível de domínio: digos é o campeão supremo. No entanto, gostei imenso de ver o @Samus e o @Orochi . Quem os viu e quem os vê! Continuam com alguns pormenores de por as mãos na cabeça aqui e ali, mas mereceram bem o destaque e proporcionaram alguns dos momentos mais hype do fim-de-semana.

    Tive pena de o @alvin e o @TwinBlade não terem tido uma melhor prestação, mas a par do @Blue estão todos nivelados... Seria normal que se acabassem por eliminar uns aos outros, o que acabou por acontecer. Rashido foi demasiado forte.

    Finalmente... Tekken. Já sabem que não ligo ao jogo. Não percebo nada do que se passa no ecrã, mas queria mesmo que o @Dodompa ganhasse isto. Foi o hype killer do fim-de-semana... Morri um pouco por dentro com a final, mas enfim. Quem mais treinou, venceu e por isso, parabéns ao @Jondesu. Apenas desejo boa sorte a representar Portugal na Coreia!

    Acabados os torneios, há que dizer... É sempre bom rever o pessoal de sempre que cá anda há mais tempo como @Aniki, @Afonso, @Macedo, biceps | @Uberpr0 e ainda deu para ter algumas conversas de um nível de seriedade fora do normal com o @Tespian. Desculpem, mas há tanta gente no fim-de-semana... não dá para fazer shoutouts a todos.

    Dou então por encerrado o meu report daquele que é muito provavelmente o meu último Lockdown. Felizmente posso dizer que deu para acabar em grande ; )

  • Random cenas

    Como alguns sabem, vim a Los Angeles a uma convenção de distribuidores de Solidworks.

    E tenho de dizer que, apesar de haver 1 Ford mustang a passar por mim a casa 2 minutos, apesar de haver grafitis absolutamente impressionantes e até apesar de encontrar uma arcade de alpha2, a miséria é real.

    A quantidade de sem abrigos é absurda e existem até bairros cheios de sem abrigo com tendas pela rua e com as instituições equivalentes à Santa casa da misericórdia. É ainda mais degradante ver que há mesmo muitos veteranos de guerra nesta situação.

    Ponto ainda para o claro "escalonamento" visto nos trabalhos. Parece que aqui tudo o que é trabalho que exija pouca qualificação não pode ser entregue a pessoas que não sejam negras ou latinas. Não me lembro de ver um funcionário caucasiano em nenhum dos 2 aeroportos onde passei nem em nenhum outro sítio. Na convenção onde estou quase todo o pessoal do catering é latino. Nas ruas fala-se tanto castelhano (ou mais) que inglês. Oh well...

    All in all, a realidade aqui não é lá muito bonita. E o ambiente fora do Centro de LA , beverly hills e santa monica é muito manhoso. Está a ser um verdadeiro reality check.

    Por fim: alpha2 tem mais nível
  • Lisboa Games Week - 05 a 08 Novembro na FIL - Vem jogar SF5!

    Quando tiverem vídeos deixem-nos cá! O "stream" parecia estar offline *carinha*

    Quanto às wall of texts, apenas acho que é um exemplo em como esta comunidade é unida e sabe-se defender de comentários feitos sem ter qualquer tipo de conhecimento de causa.

    @KyaTT, como alguém que já participou activamente em organização de torneios de fighters cá em Portugal, senti-me quase ofendido com o desconhecimento manifestado da tua parte relativamente ao trabalho que temos vindo a desenvolver em termos de evolução a nível de qualidade de torneios. Ainda assim, compreendo que seja difícil para uma pessoa que não está cá há muito tempo e não conhece bem o nosso historial perceber efectivamente a dimensão daquilo o que são os fighters em Portugal. A realidade é que, dado o nosso cariz de comunidade amadora, com vontade de fazer mais do que o mínimo, é difícil ter uma apresentação 100% profissional, com números e feitos, num único site. Isto é um fórum, um bom fórum, mas um fórum. Acho que se pode e deve exigir aquilo o que um fórum consegue fazer e isso, na minha opinião, fazêmo-lo bem (neste caso, o @Roz, faz isso bem). Assim sendo, vou dar aqui alguns pontos só para ajudar a dizer o que somos:

    - Comunidade de país pequeno, com nível competitivo ligeiramente abaixo da média europeia, mas com alguns jogadores acima da média europeia. Não conseguimos competir contra o topo europeu, mas há jogadores que se safam bem contra os mid e mid-high tiers.

    - Organizamos torneios tendencialmente trimestrais, com a excepção de 2015 porque os fighters estiveram muito em baixo este ano. Nesses torneios trimestrais, contamos com cerca de 15-25 jogadores provavelmente.

    - Anualmente há a tradição de organizar um torneio de dimensão superior: o Lockdown. Estamos a falar de um torneio que consegue atrair cerca de 70 jogadores, sendo que a última iteração deste torneio contou com a presença do vencedor do Evolution de Ultra Street fighter 4 (aka Luffy) e com a presença daquele que é provavelmente o melhor jogador de Ultimate Marvel vs Capcom 3 europeu (aka Whiteblack). Em média, teremos cerca de 20-30 pessoas como espetador. Inscrições aqui são feitas online ou offline, sendo que há a opção de pagar online por paypal - um preciosismo da nossa parte por legitimar todo o processo de inscrições. De realçar que a pessoa que mais dinamiza toda a realização deste torneio é o Obake, uma pessoa que tem tido uma actuação irrepreensível.

    - Tanto nos torneios trimestrais como Lockdown temos um Stream com uma qualidade que faz corar de vergonha alguns torneios internacionais. Shoutouts ao V2 por manter a qualidade no topo.

    - De realçar ainda algumas iniciativas individuais de torneios regulares online, nomeadamente da parte do Kashkabald que, ainda que a nível não-profissional, mantêm o espirito competitivo aberto mesmo em alturas menos boas.


    Como podes ver KyaTT, nós somos uma comunidade de carácter muito próprio e somos o parente pobre daquilo o que se pode chamar de esports. Não vais ver um torneio nosso com pessoas a insultarem-se umas às outras como certamente terás visto em torneios de CS por exemplo - como somos poucos, partilhamos um sentimento de comunidade mais saudável.

    Já tentamos diversas vezes conseguir patrocínios em Portugal, mas é mais fácil conseguir ajuda da Namco Bandai de Espanha que nunca sequer ouviu falar de nós, do que propriamente de lojas de equipamento de gaming que não estão dispostas a investir 1 cêntimo que seja. Se é justo? Questionável. Ainda assim, percebo a relutância em patrocinar iniciativas com número de pessoas reduzido, ainda que as condições do torneio seja superior em todos os aspectos ao de uma lan party (hotel de 4 estrelas com preços especiais de estadias para os jogadores e piscina... não me parece mau). Outra vez, gostaria de ressalvar todo o apoio que a loja/bar de videojogos da 1UP, porque percebem o nosso valor e conseguem certamente lucrar algo connosco. Podiam não ajudar, mas ajudam, e eu, tanto como membro da comunidade como membro de organização de torneios tenho de agradecer.

    Por fim, este fórum não é só seguido por utilizadores, mas também jogadores que não se quiseram inscrever cá. Para essas pessoas: o PT Fighters não é apenas um fórum, é um grupo de pessoas que organiza torneios com alguma regularidade e em 2016, devido ao lançamento de novos jogos, vai certamente aumentar a quantidade de competição. A única coisa que posso dizer é isto: querem competição, participem nos torneios, não se irão arrepender e vão ganhar amigos para uma vida.





  • Lockdown 2016, Histórias e reports

    Bem, Lockdown is over, Hangover has subsided, minha vez de fazer report.

    Torneio absolutamente inacreditável. Obrigado a todos os que participaram porque tornaram o Lockdown 2016 no maior e melhor torneio de sempre em Portugal (sim, cerca de 120 inscritos!).

    Queria, no entanto, deixar agradecimentos especiais ao @Garuda, @V2 e @obake . Os dois primeiros por todo o trabalho incansável que tiveram com o stream, lidando com muitas falhas técnicas que não aconteceram em anos anteriores completamente alheias ao trabalho deles.

    Depois claro, o Obake como organizador e um verdadeiro "dínamo" de todo o evento, que não parou para trás e para a frente, tanto a ajudar o pessoal de fora como a fazer com que tudo corresse de forma fluída. Grande trabalho também de "bastidores" ao conseguir trazer o Daigo e Ryan Hart para Portugal que, por consequência, acabou por trazer mais jogadores do estrangeiro para o evento.

    Quanto ao torneio em si, é difícil apontar os melhores momentos porque foram incontáveis! Desde o Alvin a ganhar ao Rivarsal, ao Digos a bater-se contra o Daigo e Mr Crimson, ao Nebur a mostrar todo o seu level up em Guilty Gear ao Uber a roundar um round ao Ryan Hart, ao Daigo himself a mostrar toda a sua classe como jogador e simplicidade como pessoa... Fantástico mesmo.

    A minha prestação foi a esperada tanto em Guilty Gear como em SF5 e a única coisa de que me arrependo (ligeiramente) é de nunca me ter dado ao trabalho de perceber como punir o Leo. Continuo a sentir que estou a perder por deixar o @Brave fazer o que lhe apetece sem ter qualquer tipo de consequência. Quanto a Marvel, fiquei por um lado contente por quase ter feito um infinito ao Garuda, mas a ressaca foi demasiado grande para me conseguir aguentar no dia seguinte. Escorreu-me uma lágrima no olho direito quando me contaram sobre o pop-off do Obake ao Digos e sobre as magníficas Grand Finals, mas se não tivesse ido dormir nessa altura não me tinha aguentado na viagem de volta.

    Gostei também do ambiente dos quartos de sábado - quase 15 pessoas num quarto - a fazer lembrar a Cannes experience em 2014 com todo o pessoal. Tudo bem que a noite depois não acabou lá muito bem para mim e para o jaypay lol, mas não deixou de ser um convívio que não se esquece. Depois deixo cá os vídeos ; )

    Momento espetacular também quando eu, o @Arakuine e o @obake fomos entregar as prendas ao Daigo.Primeiro o Arakuine entregou os CDs e explicou por linhas simples em que consistia o estilo de música do Carlos Paredes e dos Madredeus e depois entreguei eu a garrafa de vinho do Porto. A única coisa que tenho pena é que não se tenha gravado a reacção do Daigo ao ver a garrafa de vinho lol porque foi do género de passar a expressão de um "hey porreiro que se tenham dado ao trabalho de me dar umas lembranças" para uma de "OHHHHHHHHH". Morri mesmo, that guy really likes booze xD

    Gostei também de reencontrar o pessoal da comunidade espanhola com quem já tínhamos estado em anos anteriores e ver toda aquela mentalidade de apoio de grupo tão parecida como a que temos no PTF. Muito bom também conhecer o Mr Crimson e o PRK - acho que foram as pessoas mais porreiras do pessoal de fora. O PRK era um caso especial porque, no fundo, já faz parte da nossa comunidade mas o Mr Crimson, que não nos conhecia de lado nenhum, juntou-se ao grupinho e lá esteve a socializar connosco e entrou a 100% no espírito.

    Por fim, e por muito que não queira particularizar jogadores concretamente porque me iria sempre esquecer de outros igualmente merecedores de destaque, não posso deixar de falar no @digos . Já toda a gente sabia que o Digos era um jogador forte, mas até agora nunca tinha tido um verdadeiro teste ao limite das suas capacidades, algo que aconteceu finalmente.

    Não só levou o Mr Crimson a uma situação de quase "desespero" (grande pop-off que ele fez no fim) como levou ao próprio Daigo a dizer que ele tinha sido o jogador mais forte que tinha encontrado (até ao CCL e Ryan Hart). Ele disse ainda que no match deles, como o Digos não estava a pressionar muito forte conseguiu lidar melhor com o Bison. Disse ainda que usar Bison está a dificultar-lhe a vida no jogo.

    Quanto ao momento do torneio, terei incontornavelmente de escolher o match entre o Rivarsal e o @Alvin. Não sei se foi de estar ao lado dele se o que foi, mas foi o match mais emotivo para mim.

    Dito isto, grande, GRANDE torneio. Obrigado a todos!
  • Lockdown 2016, 10 e 11 de Setembro

    Outra coisa fixe é que dos 27 actuais inscritos em SF5, 9 são estrangeiros. Vá lá gente, tentem fazer um esforço e inscrevam-se... Se alguém de fora estiver indeciso sobre a possível vinda cá é completamente diferente olhar para um torneio com 30 inscritos ou para um torneio com 45 ou 50 inscritos.

    Bem sei que há pessoas à espera de mesadas / salários mas, a quem não fizer grande diferença, tentem fazer um pequeno esforço por favor.
  • Lockdown 2016, 10 e 11 de Setembro

    Só ia inscrever-me na venue fee mas hoje para ajudar podem contar com mais um nome em SFV. ;)
    @Macedo a minha chamada de atenção não ia nesse sentido. Acho que cada um se deve inscrever naquilo o que quiser e longe de mim tentar forçar inscrições. Foi apenas no sentido de - se alguém já tem a certeza que vai e muitos já têm - se anteciparem com a inscrição.

    Claro está, inscrevermo-nos em SF5 dá sempre direito à possibilidade de sermos violentados pelo Daigo himself e ganhar toda uma possibilidade de dizer que jogamos contra o Daigo em torneio :P

  • PTF Top 5 v2016

    Bem, o meu top 5 é capaz de sair fora dos moldes gerais a nível de gostos no PTF, mas lá vamos:

    5º lugar - Virtua Fighter 2. O meu primeiro jogo de luta de sempre. O meu primeiro jogo para a minha primeira consola, a minha maravilhosa Saturn que saiu da família para dar as boas vindas à PS One. Never forget.

    4º lugar - Panzer Dragoon Zwei. Novamente um jogo da Saturn. Um jogo que, para quem não conhece, consegue-se passar em 45 minutos... Mas são 45 minutos tão memoráveis que ainda hoje têm um lugarzinho no meu coração. Ainda sinto aquele arrepio na espinha quando ouço a OST brilhante.

    3º lugar - Final Fantasy X. O jogo que verdadeiramente me introduziu ao mundo dos RPGs. Foi a minha prenda do meu 13º aniversário e, na altura, creio que o joguei umas 30 vezes antes de me virar para os Final Fantasies da PS1, mas nenhum teve tanta mística como este.

    2º lugar - Destiny. Por que raio está aqui o Destiny? Porque o meu weekly schedule está indexado aos resets semanais deste jogo. O próximo passo é faltar ao trabalho e deixar de dormir para conseguir fazer tudo... Tenho mais de 20 dias de jogo (tempo útil, sem contar com tempo inactivo...) desde Janeiro deste ano. É surreal.

    1º lugar - Football Manager. Para quem não sabe é um jogo de simulação de treinadores de futebol e todos os anos há uma nova versão. Comecei no 2005 e parei no 2014, chegou. Devo dizer que em cada uma das versões deixei pelo menos 10 dias de jogo... No 2007 cheguei a ter 14 dias de jogo... Numa das saves... Tinha umas 6 ou 7 ao todo? Não faço ideia. Diria que seguramente 2 meses, 24/7 deveriam ter sido utilizados na vida para jogar esta série. Pelo meio parti ratos de PC, danifiquei discos rígidos, parti um ecrã de um portátil, mas a glória... A glória de levar o Porto a conseguir comprar o Wayne Rooney, David Silva e Messi, a glória de ter o Leixões com 400 milhões de euros para gastar em transferências e um estádio para 60 mil pessoas, a glória do Freddy Adu ser um jogador de classe mundial... Muitas memórias de um jogo que fica para a minha história de gaming.
  • tab#8 - Resultados e Reports

    Bom torneio overall, especialmente no que diz respeito aos setups. Já se sabia que ia ser uma melhoria considerável e tudo se confirmou. Ajudou imenso ao flow geral do torneio e ao grande número de casual setups.

    Único pequeno downside é que nunca é dada grande atenção às finais do torneio. Com o passar do tempo acho que se foi perdendo aquele hype parvo que existia nos primeiros TABs, mas também o layout do espaço não ajuda muito. Ainda assim, continuo a achar que o local é uma melhor opção relativamente ao que estávamos a aluga até agora.

    Stream godlike as usual, apesar de pequenas falhas técnicas tipo twilight zone. Wtv, V2 já nem sabia o que havia de fazer mas correu tudo pelo melhor. Good job man.

    Quanto ao "nível", enfim... A minha impressão é que temos um número reduzido de jogadores com um nível interessante em SF5 e que o resto está a perder gradualmente o interesse, mas acho que é de esperar tendo em conta o ritmo de desenvolvimento do jogo... Apesar de todo o ódio jurado ao SF4, o SF5 não está a ser o messias há muito anunciado.

    Quanto a Guilty Gear, epa continuo a não perceber o que raio faz o Leo mas com o tempo isto vai lá. Shoutouts ao RN@Digos por momentos Danger time quando tinha os rounds praticamente perdidos e ao Brave pela falta de presença de espírito e mudar para Jam. @Brave tinhas que ganhar 3 MATCHES de Jam - não tinhas hipóteses - com Leo terias a possibilidade de ganhar. Tens de ter calma. GGs também ao @Garuda por me dar trabalho como o caraças. Pressure de Elphelt muito forte. Pelo menos o meu primeiro match foi uma sorte do outro mundo. Ainda vou ter de rever, mas safei-me por mera sorte.

    O Revelator está quase quase aí. A ver se o grupinho de GG aumenta.




  • Lutinhas em Lisboa 2 - Resultados e reports

    Este é daqueles GIFs que se transformam em insta-memes. Nice one Jaypay xD
  • Lockdown 2016, Feedback


    E sim, estava muita gente desaparecida, mas depois também acontecia gente ser chamada para depois estar à espera de outros. Bastava mais um setup e acho que até daria para ter sido feito FT2 CVS2.
    As pools tinham horário, as pools são feitas o mais seguidas possível. Os jogadores só precisam de estar relativamente presos durante 40-50 mins se tanto numa zona do torneio durante TODO o dia. Muitas foram as vezes que chamei jogadores e disse "esperem aqui, estou à procura do vosso oponente". Finalmente encontro o oponente e o jogador que ficou à espera saiu da zona do torneio e lá ia eu à procura desse artista porque não quis esperar mais do que 5 ou 10 minutos.

    Se houvesse mais pessoal a ajudar a correr as brackets tinha sido mais fluído? Sim. Muitos jogadores parecem putos de 5 anos que não conseguem estar parados uns minutos? Podes crer.

    Ainda assim, mais uma vez, senti isto mais com pessoal de fora do PTF. Não me lembro de nenhuma situação com pessoal que eu conheça de cá.