Persona 4 The Golden (PSVita) e Persona 4 Fighting Game anunciados, P5 news

edited January 1970 in Jogos variados
http://www.andriasang.com/e/blog/2011/08/31/persona_developments/<br /><br />O Persona 4 é um dos meus jogos preferidos de sempre. É um dos RPGs para a PS2 mais alogiados pela crítica, e com boa razão - um cast de personagens muito melhor do que o habitual para os RPGs japoneses, uma história que não se leva demasiado a sério mas que consegue ter os seus momentos realmente emocionantes e um sistema de batalhas que se certifica que nenhuma batalha é entediante e que o jogador necessite sempre de muita estratégia para ultrapassar cada boss battle - são estas apenas algumas das razões que tornam este jogo, indiscutivelmente, um competidor para o título de melhor RPG na Playstation 2.<br /><br />Obviamente estou muito entusiasmado com o anúncio do Persona 4 The Golden para a Playstation Vita, a consola que vai servir de sequela à PSP. Persona 4 The Golden vai incluir, para além do jogo original, uma nova personagem chamada Mary, mais 50% de voice-acting, novas cinemáticas e um novo intro animado, para além de uma série de features novas pedidas pelos fãs da série. Isto tudo para além da história que vai ter de ser adicionada com a adição da nova personagem, e do facto de, obviamente, ser portátil. Vai ser lançado na Primavera de 2012.<br /><br /><br />Seguidamente, a Atlus anunciou também Persona 4 The Ultimate In Mayonaka Arena, um Fighting Game que será desenvolvido pela Arc System Works, ou para ser exacto, a equipa que desenvolveu o Blazblue. Incluirá personagens do Persona 3 e Persona 4, e será lançado para Arcades na Primavera de 2012, e mais tarde para PS3 e XBOX 360 no Verão de 2012.<br /><br /><br />Por último, a Atlus anunciou que está a começar a desenvolver o Persona 5, com a mesma equipa que desenvolveu os capítulos anteriores da série.

Comments

  • Pants = Jizzed
  • Persona 4 The Ultimate In Mayonaka Arena<br /><br />well, esperemos, que saia algo de bom!  :)
  • Os jogos não fazem muito o meu estilo, mas o character Design do 4 devo admitir q é brutal, espero pelo Fighting Game com curiosidade, keep us posted.
  • Alguns scans, incluem o jogo de luta e a nova personagem:<br /><br />http://gamingeverything.com/?p=8241<br />http://gamingeverything.com/?p=8253<br /><br />Alguns exemplos:<br /><br />Nova personagem:<br />persona_4_s-1.jpg<br /><br />Ecrã de selecção de personagem do jogo de luta:<br />p_4_fighter-1.jpg<br /><br />Carreguem nos links, estas imagens são só algumas das que estão nos links.
  • bem se o jogo de luta disto tiver altamente its a "must buy!"
  • Várias imagens novas do Persona 4 Golden:<br /><br />http://www.neogaf.com/forum/showthread.php?t=443059
  • Porque é que estes jogos são bons?
  • on 1314807849:
    <br />Porque é que estes jogos são bons?<br />
    <br /><br />Por que é que os personas são bons?<br /><br />Joga-os. Vais perceber  :P
  • Don't get me started D=.<br /><br />Primeiro de tudo, é preciso ter tolerância por RPGs japoneses e anime. Tirando as pessoas que não são grandes fãs destas duas coisas (o que eu compreendo), os jogos podem apelar a qualquer demográfica.<br /><br />Vou falar do Persona 4 em particular, porque considero que é o mais acessível (e aquele que a maior parte das pessoas costuma preferir). A maioria dos JRPGs modernos caem demasiado em clichés, com histórias que muitas vezes envolvem cristais, dragões, personagens que se inserem directamente em arquétipos, batalhas que consistem em carregar no X muitas vezes e muito melodrama. O Persona 4 foge a todas estas regras, colocando o jogador num ambiente completamente diferente do habitual, numa aldeia, em que passa um ano a viver uma vida normal de um aluno de liceu, ao mesmo tempo que vai tentando resolver um "Murder Mystery", com um twist sobrenatural que dá lugar aos combates do jogo. Isto tudo significa que não só tem uma história muito diferente do habitual, e um cast de personagens muito fora dos estereótipos habituais do género, mas também que tem gameplay muito variado - Tu escolhes como é que passas o teu dia, o que evita que o jogo se torne repetitivo. Queres passar o dia a conhecer as pessoas da tua escola e da cidade? Tudo bem, e isso vai melhorar os teus poderes nas batalhas. Queres passar o dia a combater? Queres passar o dia a fazer várias das side-quests que te oferecem na aldeia? Queres passar o dia a criar "Personas", que são os "bonecos" que tu usas nas batalhas e que definem os teus skills e stats? Tudo isto dá-te muita liberdade.<br /><br />Alguns dos destaques são o excelente trabalho dos actores que fazem as vozes das personagens, a escrita e a tradução que estão muito acima da média, o ritmo a que a história se desenrola que está muito bem pensado, a qualidade do estilo artístico (é óbvio que os gráficos não podem impressionar tecnicamente, visto que é da PS2, mas os designs das personagens e os interfaces são impressionantes) e a música que fica na cabeça (feita pelo Shoji Meguro, um dos mais respeitados compositores de músicas de videojogos japoneses). Para além disso, o sistema de batalhas está muito bem feito: cada monstro tem as suas fraquezas, e precisas de experimentar usar skills diferentes e "Personas" diferentes para descobrir a fraqueza de cada um. Quando estás num nível muito superior aos teus inimigos, podes usar o botão "Rush", que põe todas as tuas personagens a atacar os inimigos rapidamente - as batalhas passam numa questão de segundos assim. Mas cuidado, se usares Rush contra adversários que são mais fortes do que parecem ou que são, por exemplo, resistentes a ataques físicos, podes acabar por perder de forma desnecessária. Tudo isto certifica-se que as batalhas normais passam rapidamente, mas têm um grau de estratégia, o que evita o aborrecimento que normalmente vem com o "grinding" nos RPGs. As boss battles, no entanto, são apropriadamente complexas e desafiadoras. Costumam não sejam exactamente fáceis, o jogador nunca é obrigado a voltar atrás e a passar horas a matar monstros para ganhar experiência, como acontece em muitos outros JRPGS. Passar os bosses é uma questão de criar as "Personas" mais apropriadas para o combate, desenvolver as estratégias mais correctas, saber quando usar cada ataque/item e saber curar e fazer buffs às personagens adequadamente, sabendo quando curar/dar support e quando atacar.<br /><br />A parte que é passada a conhecer as outras personagens é também muito mais interessante do que soa: tens que escolher o que dizer enquanto falas com as pessoas e podes acabar por ser surpreendido por coisas que não estás à espera. A melhor parte é que isto se liga muito bem com o combate - personagens que conheceste bem durante o dia vão-te ajudar durante o combate, por exemplo, levando um golpe fatal por ti quando estiveres quase sem vida.<br /><br />(You got me started =<)
  • Mcbeans... Acabaste o compendium no P4 btw?  :P
  • Nem perto :P.<br /><br />No P3 até não estive muito longe, ficou-me a faltar o Orpheus Thelos, o Lucifer, o Messiah e mais 2 ou 3 que não me lembro como se chamavam. Com mais um playthrough, ficava com 100% compendium facilmente, mas já passei tanto tempo com esse jogo que não sei se tenho paciência para um 4º (3º? Not sure) playthrough  :P.<br /><br />Tu acabaste no 4?
  • Nop... Mas tive a 96% com todos os ultimates incluindo izanagi-no-okami. Tive um metatron imune a physicals e com absorb ao resto  :P
  • Screens limpinhos do fighter:<br />http://www.hadoken.net/?p=3720<br /><br />Looking Good.
  • Novos screenshots do Persona 4 The Golden:<br /><br />http://www.neogaf.com/forum/showpost.php?p=30738783&postcount=750<br /><br />Naquela resolução parece um bocado desfocado mas na resolução da PS Vita os gráficos vão ficar muito bons.
  • Tangencialmente relacionado com o Persona 4: The Golden:<br /><br />Never More: Reincarnation [Persona 4] Track #1- Pursuing My True Self<br /><br />Saiu hoje um álbum de remixes das músicas do Persona 4 feito pelo Shoji Meguro. Está aí uma lista de reprodução com as músicas todas.
Sign In or Register to comment.